Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Locutores da chamada falsa ameaçados de morte

Sociedade

  • 333

A dupla que se fez passar pela rainha de Inglaterra e pelo príncipe Carlos já garantira que não podia ter previsto o final trágico da brincadeira. E certamente não imaginavam terem de se refugiar em local seguro depois de receber ameaças de morte

TUDO SOBRE O CASO: 

Segundo o jornal britânico Daily Telegraph, os dois apresentadores, Michael Christian e Mel Greig foram levados para hotéis, enquanto 10 executivos da rádio onde trabalhavam estão a receber proteção de guarda-costas, depois de o locutor que se fez passar pelo príncipe Carlos ter recebido uma carta anónima com ameaças de morte: "Existem balas com o seu nome", avisa a missiva, que foi entregue às autoridades.

É mais um desenvolvimento do caso que começou com uma chamada falsa para o hospital onde se encontrava internada a duquesa de Cambridge com uma forma rara e grave de enjoos na gravidez, e que acabou por levar ao suicício a enfermeira que passou a chamada para a colega que tinha diretamente a seu cuidado Kate Middleton.

Os locutores, que apresentaram a demissão pouco depois de ser conhecida a morte de Jacintha Saldanha, chorara na primeira entrevista e garantiram estar "devastados".