Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Hacker garante ter criado uma app para controlar aviões

Sociedade

  • 333

Um hacker alemão diz ser capaz de tomar de assalto e controlar um avião com apenas uma aplicação para o telefone

Hugo Teso, um alemão consultor de segurança e com formação em pilotagem, alega ter desenvolvido uma aplicação para Android chamada PlaneSploit, que lhe permitirá controlar e atacar o sistema de gestão de qualquer avião.

Na conferência Hack in the Boxm, em Amesterdão, Hugo mostrou a sua aplicação resultante de três anos de investigação.

Hugo Teso descobriu que a comunicação entre o avião e a torre de controlo é feita com pouca ou qualquer encriptação e revelou ainda que para a pesquisa usou peças que comprou por menos de 8 euros em sites da internet.

A infiltração no sistema é feita a partir das emissões de rádio entre os aviões e as torres de controlo. Depois, é usado um sistema de comunicação para enviar mensagens que permitam controlar o avião, ou de forma indireta afetar o comportamento do piloto. A aplicação é utilizada em terra, ou seja, não é necessário sequer estar dentro do avião.

O hacker revelou que a aplicação tem como único objetivo alertar para as falhas de segurança dos sistemas atuais de aviação, e também para o facto de que é possível que esta aplicação seja criada e utilizada por pessoas com intenções menos boas.

Segundo a Administração Federal de Aviação apesar dos avisos de Hugo Teso a aplicação dizem, não representa uma ameaça real aos voos porque não funciona em hardware de voo certificado.

 

Este não é o primeiro hacker a despertar atenções para as falhas na aviação. No ano passado durante a conferência de segurança Black Hat, em Las Vegas, o cientista Andrei Costin apresentou algumas fraquezas do sistema e revelou ter descoberto uma forma de rastrear aviões privados, intercetar mensagens e comunicações aéreas entre os aviões e torre de controlo.