Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo britânico dá vales de até 235 euros a mulheres que amamentem

Sociedade

  • 333

Reuters

Como apoio a uma investigação que estuda formas de incentivar a amamentação no Reino Unido, o Governo vai dar vales de compras que podem chegar a mais de 235 euros às mães que amamentem os filhos até aos seis meses

VEJA TAMBÉM:

Se o aleitamento materno chegar às seis semanas de vida do recém-nascido, as mulheres receberão vales que podem chegar aos 142 euros. A este valor somam-se mais 90 euros se o período de amamentação se prolongar até aos seis meses do bebé.

O projeto é de um grupo de investigadores da University of Sheffield, que estão a analisar formas de contrariar a baixa taxa de amamentação em algumas regiões do Reino Unido e é financiado pelo Governo.

O ministro da Saúde britânico, Dan Poulter, confessou já, no entanto, não acreditar que os "incentivos financeiros" sejam a melhor forma de encorajar as mães a amamentar. "A amamentação tem enormes benefícios para a saúde e ajuda a promover um laço forte entre a mãe e o bebé. Mas devia ser uma escolha da mulher e sabemos que nem todas as mães o podem fazer", acrescentou.

O incentivo dos vales de compras vai decorrer em Derbyshire e South Yorkshire, em áreas onde a taxa de amamentação é significativamente baixa, focando-se em, no máximo, 130 mulheres que dêem à luz entre novembro e março.

Do total de mais de 235 euros, metade será em vales de supermercado e a outra metade para outras lojas, pagos em cinco tranches de 47 euros.

O cumprimento do requisito da amamentação não terá um policiamento rigoroso, dependendo antes da palavra da mãe, corroborada pela assinatura de um profissional de saúde.