Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

FOTOS: Angolana eleita Miss Universo 2011

Sociedade

  • 333

A angolana Leila Lopes, 25 anos, foi eleita Miss Universo 2011, numa cerimónia realizada em São Paulo, no Brasil. A candidata portuguesa ficou entre as 10 primeiras. VEJA AS FOTOS

As 10 finalistas
1 / 13

As 10 finalistas

A vencedora Leila Lopes, de Angola, no desfile em bikini
2 / 13

A vencedora Leila Lopes, de Angola, no desfile em bikini

A francesa Laury Thilleman
3 / 13

A francesa Laury Thilleman

A portuguesa Laura Gonçalves ficou entre as 10 finalistas
4 / 13

A portuguesa Laura Gonçalves ficou entre as 10 finalistas

A Miss Panamá, Sheldry Saez
5 / 13

A Miss Panamá, Sheldry Saez

Vanessa Gonçalves, a candidata venezuelana
6 / 13

Vanessa Gonçalves, a candidata venezuelana

Pela Urcrânia, Olesia Stefanko
7 / 13

Pela Urcrânia, Olesia Stefanko

Novamente Leila Lopes, aqui de vestido
8 / 13

Novamente Leila Lopes, aqui de vestido

A concorrente chinesa, Luo Zilin
9 / 13

A concorrente chinesa, Luo Zilin

Priscila Machado, do Brasil
10 / 13

Priscila Machado, do Brasil

As três finalistas
11 / 13

As três finalistas

A emoção da jovem angolana
12 / 13

A emoção da jovem angolana

O momento da coroação
13 / 13

O momento da coroação

A mexicana Ximena Navarrete, Miss Universo 2010, entregou a coroa à vencedora, numa mudança que decorreu, como habitualmente, com a vencedora vsisvelmente emocionada.

Em entrevista ao canal de televisão brasileiro Band, Leila Lopes disse estar "sem palavras" e prevê grandes mudanças na sua vida. "De certa forma, a minha vida acaba de mudar. Vou precisar de Deus e de ter os pés bem assentes na Terra", declarou.

Natural de Benguela, Leila Lopes é estudante de Gestão de Empresas em Inglaterra. Única negra entre as finalistas, Leila Lopes chamou a atenção por ser a única de cabelos presos durante a cerimónia e também por sua simplicidade.

A vencedora ganhou a simpatia dos brasileiros e foi adotada pelo público de São Paulo durante a disputa final, contra a candidata da Ucrânia, Olesya Stefanko.

Miss Brasil, Priscila Machado, ficou em terceiro lugar. A filipina Shamcey Supsup e a chinesa Luo Zilin completaram as cinco finalistas.

Também muito elogiada, a representante de Portugal, Laura Gonçalves, ficou entre as 10 finalistas, mas não passou à votação final.