Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Falta uma semana para asteróide passar "a rasar" a Terra

Sociedade

  • 333

NASA/JPL Near-Earth Object Program Office

É já no próximo dia 15 de fevereiro que o asteróide de 45 metros de diâmetro vai passar a "apenas" 35,8 mil quilómetros da Terra. Não há risco de colisão com o nosso Planeta, mas o mesmo não se pode dizer dos satélites de comunicações em órbita. Confira a rota do 2012 DA14

Descoberto pelo observatório La Sagra, em Espanha, o asteróide, batizado como 2012 DA14, deverá passar mais próximo do nosso planeta quando forem 19h26 de dia 15, sexta-feira, mas, avisa a NASA, impossível de observar a olho nu.

Cerca de quatro minutos depois desta aproximação, o asteróide deverá passar na zona de sombra da terra, onde permanecerá durante cerca de 18 minutos, antes de reaparecer. 

Apesar dos "curtos" quilómetros de distância a que passará pela Terra, os cientistas descartam qualquer perigo de colisão do 2012 DA14: a hipótese é de menos de um num milhão. Menos seguros estão, no entanto, os satélites de comunicação.