Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Falso acupuncturista infecta 16 pessoas com vírus da sida

Sociedade

  • 333

Um auto-proclamado acupuncturista, terá infectado 16 pessoas com o virus da sida, na Suiça. O homem terá utilizado intencionalmente agulhas contaminadas

Um professor de música e acupunturista sem licença, de 54 anos, foi acusado por alegadamente ter infectado com o vírus da sida, 16 pessoas intencionalmente, entre o ano de 2001 e 2005.

O Ministério Público acusa o homem de ter praticado acupunctura sem licença e de ter alegadamente usado o seu trabalho (como professor de música) para "recrutar" alunos.

Sob falso pretexto de ser um especialista de acupunctura, o homem afirmava que poderia curar vários problemas. Uma das vítimas terá dito inclusive em tribunal, que o procurou numa tentativa de tratar as crises de enxaquecas e epilepsia.

O professor terá alegadamente infectado as vítimas, utilizando agulhas com sangue contaminado com o vírus da sida.

A policia iniciou as investigações depois de um estudante, que foi diagnosticado seropositivo, ter contado aos médicos que teria sido infectado pelo falso acupuncturista.

As investigações conduziram a mais 15 histórias idênticas que acabaram por ligara o caso.

O homem - que não é seropositivo - negou qualquer acusação.

Se for considerado culpado, pode passar entre 5 a 10 anos na prisão.