Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Fábrica da Apple admite ter crianças a trabalhar

Sociedade

  • 333

A Foxconn confirmou ter encontrado funcionários com 14 anos numa das suas fábricas, na cidade de Yantai, na China, mas garante que já está a investigar o caso e que já enviou os menores para a escola

Segundo um comunicado emitido na terça-feira pela fábrica chinesa, a descoberta dos trabalhadores com 14 anos ficou a dever-se a uma investigação feita pela empresa de auditoria Fair Labor Association, contratada pela Apple para fiscalizar as condições de trabalho nas fábricas da companhia.

A idade mínima para entrar no mercado de trabalho na China é de 16 anos, pelo que a Foxconn, que não adianta o número de crianças encontradas, garante que está a investigar como é que os menores conseguiram emprego na fábrica.

A Foxconn é responsável pela montagem de produtos como os iPhones e iPads da Apple, pelas consolas Xbox e vários produtos da HP. É atualmente uma das maiores empresas da China, com cerca de 1,2 milhões de funcionários nas fábricas espalhadas por várias cidades.