Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Exames: Duas em cada três escolas com negativa a Matemática

Sociedade

  • 333

Fernando Veludo/NFactos

Num universo de mais de 4.600 escolas, apenas 1.253 tiveram média positiva nas provas nacionais do 4.º ano

Menos de um quarto das escolas (23,2 por cento) apresenta média positiva nas provas finais de Matemática do 6.º ano (2.º Ciclo), de acordo com os dados do ano letivo passado revelados pelo Ministério da Educação.

Num total de 1.147 escolas onde se realizaram provas, só 267 obtiveram média positiva (igual ou superior a três), numa escala de um a cinco, tendo 880 apresentado resultado negativo, contra 761 no ano anterior.

Numa lista que integra todos os estabelecimentos de ensino, independentemente do número de exames realizados, surge em primeiro lugar o Colégio Euro-Atlântico, de Matosinhos, distrito do Porto, com uma média de 4,56 em 16 provas concretizadas.

Mais de 90% das escolas registaram média negativa nos exames de Biologia e Geologia do ensino secundário e apenas cerca de 40% obteve uma nota média nas provas acima da média nacional, que este ano voltou a ser negativa.

Apenas 59 escolas conseguiram média positiva nos exames de Biologia e Geologia, que em 2012-2013 se realizaram em 607 estabelecimentos, de acordo com a lista realizada pela Agência Lusa, que hierarquiza as escolas tendo em conta os resultados médios nos exames, e tendo em conta a informação disponibilizada pelo Ministério da Educação e Ciência (MEC).

A média das 29.768 provas foi de 8,44 valores, uma nota longe da necessária para garantir o acesso aos cursos de Medicina.

Num universo de mais de 4.600 escolas, apenas 1.253 tiveram média positiva nas provas nacionais do 4.º ano, com destaque para o Colégio Paula Frassinetti, em Lisboa, que obteve a melhor média nacional.

Pela primeira vez no passado ano letivo, mais de cem mil alunos do 1.º ciclo realizaram provas nacionais a Português e Matemática. Os exames contaram 25% para a nota final dos alunos e os resultados médios foram bastante fracos.

Os alunos de 4.623 escolas com 1.º ciclo fizeram as provas, mas em apenas 1.253 estabelecimentos a média das notas foi positiva, segundo uma análise realizada pela agência Lusa com base nos dados disponibilizados pelo Ministério da Educação e Ciência (MEC).