Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Educação: A última tentativa para evitar a greve dos professores

Sociedade

  • 333

Reuters

Oito sindicatos de professores anunciaram um novo período de greve às avaliações entre 24 e 28 de junho.O ministro da Educação, Nuno Crato, anunciou que se vai realizar hoje, no Ministério, uma reunião com os sindicatos dos professores, manifestando disponibilidade para o diálogo.

Oito sindicatos de professores anunciaram um novo período de greve às avaliações entre 24 e 28 de junho, caso o Ministério da Educação não dê uma resposta às suas reivindicações.

Os sindicatos que estiveram reunidos para preparar a manifestação de sábado em Lisboa e a greve de segunda-feira, decidiram marcar este novo período de greve e realizar durante a próxima semana encontros com os professores nas escolas, disse aos jornalistas o secretário-geral da Federação Nacional de Professores (Fenprof), Mário Nogueira.

Na próxima semana, além da greve às avaliações, os sindicatos vão ouvir os professores e saber até que ponto "estão dispostos a ir na luta", disse Mário Nogueira.

O ministro da Educação, Nuno Crato, anunciou que se vai realizar hoje, no Ministério, uma reunião com os sindicatos dos professores, manifestando disponibilidade para o diálogo.

"Sexta-feira vamos pedir aos sindicatos para se reunirem connosco no Ministério", disse Nuno Crato, durante uma entrevista à RTP.