Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Dois asteróides passam perto da Terra esta quarta-feira

Sociedade

Um dos asteróides atingiu o ponto mais próximo da Terra esta manhã e o outro deverá passar próximo do nosso planeta, a uma distância semelhante à que se encontra a Lua, esta noite. Nenhum dos objetos representa qualquer perigo, garante a NASA

O telescópio Catalina Sky Survey, localizado nas montanhas de Santa Catalina, no Arizona, e operado conjuntamente pelas Universidades do Arizona e Nacional Australiana com o patrocínio da NASA, descobriu os asteróides no domingo.

Os dados captados pelo telescópio já foram analisados num centro especializado para determinar as órbitas preliminares e cálculo da distância a que se encontravam os dois asteróides.

Os cientistas concluíram que os dois objetos deverão passar junto à Terra esta quarta-feira a uma distância semelhante à da Lua e muito próxima dos 300.000 quilómetros.



A NASA indicou também que dada a sua proximidade, os asteróides poderão ser vistos com recurso a telescópios simples de tamanho moderado.



Os cientistas calcularam ainda que o asteróide 2010 RX30 terá entre 9 e 19 metros e passará a uma distância de 247.838 quilómetros da terra às 09:51 GMT.



Já o segundo objeto, denominado RF12 2010, terá entre 6 e 14 metros e passará aproximadamente a 78.000 quilómetros da Terra às 21:12 GMT.