Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Descoberto o gene que faz as mulheres felizes

Sociedade

  • 333

Investigadores norte-americanos descobriram que o 'monoamina oxidade A' funciona como um gene da felicidade feminino 

O trabalho de investigação é publicado esta semana na edição online da revista cientifica Progress in Neuro - Psychiatry

O grupo de investigadores norte-americanos coordenados pelo neurologista Henian Chen, da universidade de South Florida, em Tampa, Estados Unidos, estudou os humores de 345 indivíduos - 193 mulheres e 152 homens.

O trabalho de investigação revelou que o gene 'monoamina oxidade A', ou MAOA, para abreviar, funciona como um gene da felicidade.

O grupo de Chen recolheu as respostas com base num inquérito em que os voluntários eram convidados a fazer uma autoavaliação sobre a sua felicidade e satisfação pessoal.

Os investigadores verificaram que as mulheres com a cópia do gene obtiveram valores mais altos em relação aos níveis da felicidade. O mesmo não se revelou válido para os homens.

"Este é o primeiro gene da felicidade encontrado para as mulheres" afirmou o coordenador da investigação. "A expressão reduzida do MAOA tem sido associada a comportamentos negativos, como o alcoolismo, agressividade e uma atitude antissocial".

Henian Chen e a sua equipa descobriram que o gene produz efeitos diferentes - opostos, em homens e mulheres. Enquanto nos homens a sua expressão reduzida está associada a maior agressividade, nas mulheres o efeito é contrário. Nas mulheres, o MAOA funciona como um gene da felicidade.