Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Deputado espanhol escandaliza ao dizer que vive mal com mais de cinco mil euros por mês

Sociedade

Um deputado galego do PP afirmou numa entrevista que está a passar dificuldades para conseguir pagar todas as contas. Agora veio pedir desculpa

O deputado do Congresso Nacional espanhol, Guillermo Collarte, 58 anos, pediu desculpa pelas declarações em que se queixou de estar a passar as "Canutas" (em tradução livre, estaria a "Passar as Passas do Algarve") apesar de ganhar mais de cinco mil euros por mês.   

Guillermo afirmou em entrevista, ao jornal La Voz de Galicia, que estava a sentir dificuldade para fazer face a todas as despesas pessoais. As palavras do deputado do PP provocaram indignação e polémica nas redes sociais. 

Collarte procurou acalmar os ânimos e referiu em comunicado que não esperava que a entrevista causasse polémica. "Peço desculpa, sei que algumas pessoas ficaram ofendidas. Sei perfeitamente que muitos sobrevivem com 400 ou 500 euros e passam enormes dificuldades. Sei que sou privilegiado mas estou a pagar duas hipotecas e não estou a conseguir vender uma das moradias que tenho em Madrid".  

O galego do PP explicou que atualmente reside com a mãe e que pretendia explicar que os 416 euros que recebe como vereador não dão para viver. O que vai ajudando a contabilidade, de acordo com Guillermo, são os 4.200 euros que ganha como deputado, os 200 euros da Junta de Freguesia e... os 1.823 euros de ajudas de custo para as deslocações a Madrid. 

O pai do deputado, também chamado Guillermo Collarte, é um empresário de Ourense, que foi sequestrado em 1999 e nunca mais apareceu. Os acusados, na altura, construtores e políticos da Galícia, foram absolvidos por falta de provas