Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Conheça os efeitos de deixar de fumar

Sociedade

  • 333

Desde o momento que deixa de fumar, todos os dias contam para uma melhoria na saúde física. A American Cancer Society criou uma linha temporal que descreve os efeitos positivos desde os primeiros 20 minutos até 15 anos sem fumar. 

Os benefícios de deixar de fumar já são bem conhecidos por toda a população fumadora e não fumadora, mas talvez sejam poucos os que sabem exatamente as mudanças físicas do corpo a partir do momento que deixa de fumar e até 15 anos depois.

Parar de fumar pode ser particularmente difícil para algumas pessoas, visto que as qualidades aditivas da nicotina são bastante fortes.

A adição ao tabaco é tão forte que muitos dos que resolvem parar, podem experimentar efeitos negativos nas primeiras semanas:

  • Sistema Digestivo: azia, indigestão, náuseas e diarreia são alguns sintomas que poderá sentir nos primeiros dias depois de deixar de fumar.
  • Sistema Respiratório: congestão nasal, tosse, catarro e uma ligeira ronquidão podem ocorrer.
  • Sistema Circulatório: poderá sentir-se tonto e com formigueiro nos pés e nos dedos.
  • Sono: várias pessoas sofrem de insónias nesta primeira fase

Estas primeiras semanas são muitas vezes determinantes para alguém que está a deixar de fumar. Os efeitos descritos acima são resultantes de um corpo em início de fase de desabituação do vício.

Ultrapassadas as primeiras três a quatro semanas o corpo começa a experimentar os efeitos positivos na saúde.

Para lhe dar uma ideia dos benefícios de deixar de fumar, a American Cancer Society criou uma linha temporal que descreve o que poderá esperar dos primeiros minutos até 15 anos sem tabaco:

  • Depois de 20 minutos: A pressão sanguínea desce até à pressão normal
  • Depois de 8 horas: os níveis de monóxido de carbono no sangue descem metade e os níveis de oxigénio voltam ao normal
  • Depois de 48 horas: A probabilidade de ter um ataque cardíaco desce consideravelmente. O paladar e o olfacto retomam os níveis normais.
  • Depois de 72 horas: Os brônquios relaxam e os níveis de energia sobem
  • Depois de 2 semanas: A circulação de sangue aumenta e continua a melhorar nas 10 semanas seguintes.
  • Depois de 3 a 9 meses: tosse e problemas respiratórios dissipam e a capacidade pulmonar aumenta 10%
  • Depois de 1 ano: O risco de sofrer de um ataque cardíaco desce para metade.
  • Depois de 5 anos: O risco de ter um acidente vascular cerebral retorna ao de um não-fumador.
  • Depois de 10 anos: O risco de cancro do pulmão é igual a de um não-fumador.
  • Depois de 15 anos: O risco de ataque cardíaco retorna ao de um não-fumador.