Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cantar de dia para não ressonar de noite

Sociedade

  • 333

Um estudo britânico levou os médicos a concluir que "quem canta seus males espanta", pelo menos durante a noite... É que cantar mostrou eficácia na redução da frequência e severidade do ressonar

Segundo o Daily Mail, a Universidade britânica de Exeter e a de Royal Devon, juntamente com o Serviço Nacional de Saúde britânico realizaram um estudo que diz que os exercícios vocais implicados no ato de cantar podem diminuir o ressonar.

Este estudo teve como base a descoberta de Alise Ojay, uma professora de canto, que para ajudar um amigo a deixar de ressonar lhe passou um programa de exercícios vocais para fortalecer os músculos da garganta.

Como a experiência teve sucesso, Malcolm Hilton, um dos otorrinolaringologistas que liderou o estudo, simultaneamente com a ajuda de outros investigadores e professores, analisaram durante três meses 30 pacientes que ressonavam.

Ao longo deste período de tempo esses pacientes foram submetidos diariamente a vários exercícios vocais, sobretudo com a vocalização dos sons  "ung" e "gar". No final da avaliação médica, os indivíduos que fizeram os exercícios tinham melhorado significativamente quando comparados com outros 30 não submetidos a tratamento.

"A conclusão a que chegamos é que o programa de três meses de exercícios de canto diários reduz a frequência e a severidade do ressonar, melhorando portanto a qualidade geral do sono", congratula-se Malcolm Hilton.