Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Asteroides e cometas podem explicar origem do gelo em Mercúrio

Sociedade

  • 333

NASA/Johns Hopkins University Applied Physics Laboratory/Carnegie Institution of Washington/National Astronomy and Ionosphere Center, Arecibo Observatory

A NASA anunciou que a sonda 'Messenger' detetou evidências de água gelada em Mercúrio, o planeta mais próximo do Sol, mas admite que na sua origem estarão asteroides e cometas poderão estar na sua origem 

Os depósitos de gelo estão localizados no Polo Norte, uma zona do planeta permanentemente às escuras.

Contudo, a possibilidade de haver água em estado líquido em Mercúrio é remota, dado que o planeta não tem atmosfera, indicaram hoje os cientistas da NASA numa conferência de imprensa transmitida na Internet.

O espectrómetro do `Messenger` analisou concentrações de hidrogénio para determinar a presença de água (que é composta de hidrogénio e oxigénio).

Nas manchas mais geladas, a água estava à superfície. Contudo, na região polar ligeiramente mais quentes, onde o gelo pode ter derretido, as manchas estavam cobertas por um material escuro com baixa concentração de hidrogénio.

Os cientistas creem que o material escuro pode ser a chave para explicar como a água se fixou em Mercúrio.

O material escuro é uma espécie de combinação de compostos orgânicos, que chegaram ao planeta através do "impacto de cometas e asteroides instáveis", explicou, citado pela agência AP, o investigador da NASA David Paige.

De acordo com o especialista, tais cometas e asteroides são "os mesmos objetos que provavelmente transportaram água para Mercúrio".

Apesar de Mercúrio ser um planeta em ebulição, o seu eixo de rotação é quase paralelo ao Sol, o que significa que os seus polos nunca são atingidos pelos raios do `astro-rei`.

Lançada há oito anos, a sonda `Messenger` é a primeira a orbitar Mercúrio, onde chegou em 2011.

As imagens captadas pela sonda confirmaram a teoria de que os polos do planeta poderiam albergar água gelada e outros componentes.

Em 1991, um telescópio em Porto Rico detetou manchas brilhantes nos polos de Mercúrio.

Investigadores admitem a possibilidade de o Polo Sul de Mercúrio ter também gelo, mas não há dados que confirmem essa hipótese. A sonda `Messenger` orbita o planeta muito mais próximo do Polo Norte do que do Polo Sul.