Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Asteróide 'potencialmente perigoso' passa pela Terra dentro de 20 anos

Sociedade

Uma equipa de cientistas ucranianos descobriu que um asteróide de grandes dimensões está numa rota que implica uma probabilidade em 63 mil de colidir com a Terra a 26 de agosto de 2032

Com mais de 400 metros de diâmetro, o 2013 TV135 foi descoberto no fim-de-semana passado pelo Observatório de Astrofísica de Crimean, no sul da Ucrânia. Segundo a agência noticiosa russa RIA Novosti, na quinta-feira, cinco outras equipas de astrónomos, incluindo espanhóis, italianos e britânicos, confirmaram a descoberta.

O asteróide foi classificado como "potencialmente perigoso", a designação atribuída aos corpos que passem a menos de 7,5 milhões de quilómetros da órbitra terrestre. Neste caso, as previsões apontam para que o 2013 TV135 passe a 1,7 milhões de quilómetros da Terra, no ano 2032.

Os cientistas consideram, para já, que o risco de colisão com a Terra é mínimo: 1 para 63 mil, mas só em 2028 será possível avaliar melhor o potencial perigo.

Se atingisse a Terra, o impacto do asteróide seria equivalente à explosão de 2.500 megatoneladas de TNT ou 50 vezes maior que a bomba nuclear mais potente alguma vez detonada.