Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

As estranhas técnicas dos espanhóis para passar no teste do balão

Sociedade

  • 333

Reuters

Comer relva. Fazer flexões. Chupar a bateria do telemóvel ou uma moeda. Vale tudo na hora de tentar disfarçar o álcool que se ingeriu. Pelo menos segundo um estudo do reputado jornal 'El Mundo'

Para evitar uma multa que pode ir até 302 euros e a proibição de conduzir durante três meses, se o condutor tiver mais de 0,25 miligramas de álcool, ou mesmo a pena de prisão, se a taxa foi superior a 0,6, os espanhóis recorrem a vários truques. Um estudo levado a cabo pela seguradora espanhola Línea Directa revela que pelo menos 10% dos condutores espanhóis já recorreram às mais originais técnicas para ajudar, acreditam, a disfaçar o álcool.

Segundo o inquérito, beber café ou chupar grãos de café e esperar uma a duas horas antes de pegar no volante é a técnica mais credível. No top 5 dos recursos para enganar o balão estão ainda mastigar pastilhas elásticas ou rebuçados, beber água e fazer exercício físico.

O estudo mostra ainda outro dado mais preocupante: um terço dos inquiridos admitiram ter conduzido com a convicção de que um teste de alcoolemia daria positivo. E foi a mesma percentagem que mostrou acreditar na fiablidade daqueles truques.

O jornal espanhol El Mundo, que divulgou esta semana o estudo, acrescenta que foi pedido a dois voluntários, uma homem e uma mulher, que ingerissem várias bebidas que fizessem a taxa de álcool no sangue superar o limite permitido. Em seguida, submeteram-se a vários destes truques. Nenhum funcionou...