Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Armstrong admite uso de doping em entrevista com Oprah

Sociedade

  • 333

O antigo ciclista norte-americano Lance Armstrong admitiu na segunda-feira ter recorrido ao doping durante a Volta a França numa entrevista com Oprah Winfrey que deverá ser divulgada na quinta-feira

O diário norte-americano USA Today, que cita uma fonte anónima, afirma que Armstrong reconheceu pela primeira vez ter-se dopado, sem, no entanto, detalhar os métodos nem apontar os seus cúmplices durante a entrevista com Oprah na sua mansão em Austin, no Estado do Texas.

Pouco depois da entrevista, Oprah Winfrey explicou na sua conta do Twitter que o encontro com o antigo ciclista durou mais de duas horas e meia e que encontrou um Armstrong "pronto" a falar, sem avançar detalhes.

Esta foi a primeira entrevista concedida por Armstrong, de 41 anos, desde que a União Ciclista Internacional decidiu, em outubro de 2012, retirar-lhe os sete títulos que garantiu na Volta a França (1999-2005) e expulsá-lo do ciclismo, depois de a Agência Antidoping dos Estados Unidos o ter acusado de levar a cabo o "programa de doping mais sofisticado da história do desporto" no seio da equipa US Postal.

Sem nunca ter tido um resultado positivo nos exames antidoping, Armstrong, campeão do mundo em 1993, um dos raros títulos que manteve, negou durante anos ter recorrido a qualquer droga para melhorar a sua condição física e facilitar a sua vitória nas competições, acabando por ser prejudicado por testemunhos de alguns dos seus antigos colegas de equipa.

A confissão de Armstrong poderá obrigar à devolução do dinheiro dos prémios que arrecadou e até culminar em acusações criminais, arriscando a prisão, segundo alguns juristas.