Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Amigos da 'Cannabis'

Sociedade

  • 333

O Uruguai tornou-se este mês no primeiro país do mundo a permitir que o Estado controle o cultivo, distribuição e venda de marijuana. Mas há outros países onde a legalização/descriminalização está na ordem do dia

COLÔMBIA

O Presidente Juan Manuel Santos referiu-se ao problema da droga como um de "segurança nacional", por causa da presença de cartéis, e favorece uma nova abordagem que pode passar pela legalização. Em julho deste ano, o Supremo Tribunal deliberou que a posse de pequenas quantidades não era um crime que merecesse cadeia.

REPÚBLICA CHECA

A posse de pequenas quantidades foi descriminalizada em 2010 e em fevereiro o Presidente Vaclav Klaus assinou uma lei que legaliza o uso da marijuana para fins clínicos e autoriza algumas empresas a procederem ao seu cultivo. 

ARGENTINA

O Supremo Tribunal deliberou, em 2009, que era inconstitucional punir as pessoas por fumarem marijuana. Cristina Kirchner, a Presidente, ainda não se pronunciou sobre se o país deveria legalizar o cultivo e a venda.

MÉXICO

Vicente Fox, como o seu antecessor na presidência, Ernesto Zedillo, têm apoiado a causa de uma maior descriminalização, como forma de acabar com a violência da guerra entre os cartéis (no México já se pode transportar até 5 gramas legalmente). O atual Presidente Enrique Peña Nieto diz-se aberto ao debate.