Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

A rádio mais chinesa de Portugal

Sociedade

  • 333

Desde Benavente, a Íris FM emite seis horas diárias de programação sobre a China, para a Grande Lisboa. Um golpe de asa  

A ideia é que a rádio seja um fio condutor, sem deixar ninguém de olhos em bico. Que nos mostre a China - ou melhor, que a dê a ouvir. Para embarcar nesta viagem dos sentidos ao Oriente, basta sintonizar-se em 91.4, frequência modelada, na zona da capital. Depois, entre as 11 da manhã e as cinco da tarde, é apreciar programas como Acordes do Oriente, que apresenta músicas tradicionais chinesas. Ou Pelos Quatro Cantos, um espaço reservado ao turismo, na China. Ou, ainda, o Chinês Dia-a-Dia, em que pode tentar aprender mandarim. Para já, trata-se da retransmissão de programas produzidos pela Rádio Internacional da China (CRI), no seu Departamento de Português. A breve trecho, revela Jorge Paiva, gerente da Íris FM, "haverá programação própria, que conte um pouco mais sobre a comunidade já instalada em Portugal". 

A parceria não nasce de um acaso. Instalada num anexo da Casa do Povo de Samora Correia, concelho de Benavente, logo depois de Porto Alto - onde se fixou boa parte dos armazéns de revenda do comércio feito por chineses -, a Íris, fundada em 1985, tem ainda outro ponto a seu favor: é das rádios locais com maior alcance, na Área Metropolitana de Lisboa. 

Leia o artigo completo na Revista VISÃO desta semana