Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Homeopatia pode causar danos permanentes, avisam os reguladores americanos

Sociedade

Peter Macdiarmid/Getty Images

A Administração de Alimentos e Medicamentos dos EUA alerta que são usados produtos duvidosos na composição de "medicamentos" homeopáticos

As autoridades de saúde pública dos EUA estão a alertar para os perigos da homeopatia, que apresenta riscos para a saúde das pessoas. A FDA (Administração de Alimentos e Medicamentos dos EUA) sublinhou que os produtos são fabricados "a partir de uma ampla variedade de substâncias, incluindo ingredientes derivados de plantas, fontes humanas e animais – saudáveis ou doentes –, minerais e produtos químicos, incluindo venenos conhecidos."

A homeopatia baseia-se no uso de substâncias naturais – como plantas ou tecidos de animais – que os profissionais da área afirmam incentivar o corpo a curar-se. Do ponto de vista científico, esta medicina alternativa não só não funciona como não há mecanismo físico ou químico que lhe permita funcionar: os "remédios" homeopáticos são diluídos tantas vezes que, no final, não sobra uma única molécula da substância ativa. No final, não passa de água com açúcar.

Em 2017, a FDA lançara já um documento a explicar os riscos dos tratamentos homeopáticos. No entanto, ao ver o mercado crescer exponencialmente, houve necessidade de rever o documento e torná-lo mais esclarecedor. Na nova versão estão detalhadas as categorias de produtos homeopáticos que representam um risco maior para a saúde pública, assim como os ingredientes e métodos de consumo que podem causar danos.

Os "medicamentos" homeopáticos são frequentemente comercializados como "curas milagrosas" e estão disponíveis nas farmácias (em Portugal, quase todas vendem estas substâncias), online e em lojas de produtos naturais. "Estes produtos têm o potencial de causar danos significativos e até permanentes se forem mal fabricados ou se forem comercializados como tratamentos substitutos para doenças e condições graves ou com risco de vida", pode ler-se no documento.

A Amazon em particular tem sido acusada de se comportar de forma irresponsável ao vender dezenas de produtos homeopáticos potencialmente contaminados. Segundo o jornal Daily Mail, clientes do Reino Unido e dos EUA podem comprar pílulas que contêm saliva de cães infetados com raiva, na Amazon – que está a ser recriminada por críticos por não verificar os produtos que vende. A loja digital disse que removeu vários produtos sinalizados pelo Daily Mail, mas não esclareceu quais ou quantos.

Simon Stevens, diretor-executivo do Sistema Nacional de Saúde do Reino Unido, alertou que os homeopatas enganam o público, aproveitando-se do dinheiro dos pacientes. Acrescentou que há quem incentive o uso de "vacinas homeopáticas" ineficazes, que deixam os clientes expostos a doenças mortais, como o sarampo.

Aproveite a campanha Ler e Viver e receba o valor gasto na assinatura em experiências à escolha