Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

A cura para a calvície pode estar perto

Sociedade

michellegibson/Getty Images

Ser careca pode passar a ser apenas uma opção. Investigadores da Califórnia, EUA, acreditam que a solução para a calvície pode estar nas células estaminais

Investigadores americanos desenvolveram um método que poderá revolucionar a cura para a calvície. A solução passa pela utilização de células estaminais.

“Este é um enorme avanço no desenvolvimento das terapias para a queda de cabelo e do campo da medicina regenerativa” garante Alexey Terskik, do Instituto Sanford Burnham Prebys Medical Discovery na California, EUA.

A experiência involveu a combinação de células estaminais humanas e células de ratos numa estrutura artificial biodegradável. A estrutura ajudou no controlo da direção do cabelo e na integração do mesmo na pele. Ao longo do estudo, foi possível fazer crescer cabelo natural na pele de ratos, o que indicou aos investigadores a possibilidade do método ser aplicado nos seres humanos.

Resta agora perceber como efetuar o processo nos homens, mas o número ilimitado de células estaminais que podem ser extraídas de uma simples colheita de sangue dão uma perspetiva positiva aos cientistas.

Em Portugal, a calvície afeta cerca de 60% da população.

CONHEÇA A NOVA EDIÇÃO DIGITAL DA VISÃO. LEIA GRÁTIS E TENHA ACESSO A JORNALISMO INDEPENDENTE E DE QUALIDADE AQUI