Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Morrissey: "Racista? Toda a gente prefere a sua própria raça"

Sociedade

Taylor Hill/Getty Images

Numa entrevista repleta de ataques à imprensa e aos críticos, o ex-vocalista dos The Smiths voltou a demonstrar o seu apoio ao partido de extrema-direita For Britain e respondeu, quanto ao seu alegado racismo, “toda a gente prefere a sua própria raça”

Morrissey voltou a causar polémica no Reino Unido. Depois de surgir em televisão com o logotipo do partido de extrema-direita For Britain, e de o gesto ter causado um boicote à venda dos seus álbuns, o cantor volta a ser notícia pelas suas visões políticas controversas.

“O Reino Unido é um lugar perigosamente detestável, e acho que precisamos de alguém para pôr fim à loucura e falar por todos nós” afirmou Morrissey numa entrevista publicada no seu site, conduzida pelo sobrinho. Mais uma vez, o cantor demonstrou publicamente a sua admiração por Anne Marie Waters, líder do partido For Britain.

Morrissey considera-a inteligente e “ferozmente dedicada ao país”, além de ser a “única líder partidária capaz de unir a esquerda e a direita”.

O antigo vocalista do The Smiths comenta também as acusações de racismo que lhe foram dirigidas, depois de apeildar os chineses de "subespécie". O cantor defende que o conceito perdeu o seu significado: "No fundo, todos preferem a sua própria raça. Será que isso faz com que todos sejam racistas?”

CONHEÇA A NOVA EDIÇÃO DIGITAL DA VISÃO. LEIA GRÁTIS E TENHA ACESSO A JORNALISMO INDEPENDENTE E DE QUALIDADE AQUI