Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

A Guerra dos Tronos: há 3500 bebés com o nome Khaleesi. E agora, isso é um problema?

Sociedade

É fã de Game of Thrones, principalmente da Daenerys e, está inconsolável depois do desfecho do penúltimo episódio da saga? Agora imagine que era fã ao ponto de chamar Khaleesi à sua filha... Pois, este é o caso dos pais das 3500 crianças que receberam o nome da Mãe dos Dragões. Mais uma vez, fique por aqui se acompanha a série e ainda não viu o quinto episódio

De nome completo: Daenerys da casa Targaryen, primeira do seu nome, legítima herdeira ao Trono de Ferro, Rainha dos Ândalos e dos Primeiros Homens, Protetora dos Sete Reinos, Mãe dos Dragões, Khaleesi do Grande Mar de Grama, a Não-queimada, a Quebradora de Correntes, ou Dany, para os amigos, Daenerys foi das personagens mais populares desde o início da série. Contudo, no penúltimo episódio da série (Spoiler alert!), Daenery decidi sacrificar a vida de milhares de inocentes para vingar a morte de Missandei (sua conselheira e amiga) e a tragédia da sua família, destroçando muitos dos seus fãs.

Enquanto, por um lado, alastrava a frustração e deceção dos fãs, por outro, crescia também a curiosidade para saber o que os pais de todas as bebés chamadas Khaleesi estariam a sentir. É que, não são uma, nem duas - são no total 3500 as crianças, só americanas, que, segundo a Segurança Social, foram registadas com esse, ou qualquer outra variante, do nome da personagem da série.

Nas redes sociais, a preocupação com os pais destas bebés é generalizada, com um utilizador do Twitter a escrever mesmo: " Neste momento é quase o mesmo que chamares ao teu fillho José Estaline". Apesar disso, quando questionadas pelos jornalistas, não faltaram mães a declararem-se contentes com a decisão de chamar Khaleesi às suas filhas.

Segundo o The Daily Beast, Jasmine Estrada, uma das mães ouvidas, admitiu estar "em choque" com a drástica mudança da personagem. "Foi dececionante ver como a viagem dela até ao poder assumiu o controlo sob ela. Isso não foi fixe", e acrescenta, "ela perdeu o juízo". Mas, apesar de afirmar que não gostou "do resultado", depois deste episódio, e apesar de uma sensação que descreve "meio agridoce", Jasmine continua contente com o "nome fantástico" que escolheu.

Já Para Katherine Acosta, que também escolheu o nome Khaleesi para a sua bebé, a Mãe dos Dragões não fez "nada de mal" no último episódio. Numa entrevista ao The Cult, Katherine revela que acha a sua filha "exatamente como ela (Daenerys)" e que "ainda torce" pela personagem. "Acho que ela fez o que tinha de fazer", acrescenta.

ASSINE AQUI E GANHE UM SACO. Ao assinar está a apoiar o jornalismo independente e de qualidade – essencial para a defesa dos valores democráticos em Portugal