Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Houve mais um grande erro em A Guerra dos Tronos, mas foi corrigido a tempo da estreia

Sociedade

Uma semana depois do famoso "CoffeeCupGate", os fãs encontraram outro erro, desta vez logo nas imagens promocionais divulgadas pelo HBO antes da emissão. Se ainda não viu o quinto episódio da oitava temporada de Game of Thrones, fique por aqui - não faltam spoilers

Na terceira temporada, Jamie Lannister perde a mão direita durante uma batalha com Locke, de modo a impedir que Brienne de Tarth fosse violada. Desde então, Jamie usa uma icónica prótese dourada. Contudo, numa imagem partilhada pelos produtores da série, que revela o momento emocionante em que Jamie e Cersie, a sua irmã, se reencontram dentro da Fortaleza Vermelha prestes a ruir, vê-se, claramente... a mão direita de Jamie.

A falha surge, ironicamente, num episódio em que a prótese surgiu várias vezes em destaque, tanto no momento em que o seu irmão -Tyrion Lannister - o liberta, como na luta com Euron Greyjoy.

Logo após começar a enviar algumas imagens promocionais do penúltimo episódio da série, a equipa de marketing da HBO percepeu que tinha cometido mais um grande erro, mas era tarde demais... o site americano já TMZ tinha divulgado a fotografia e, já sabe, o que cai na Internet, fica para sempre na Internet.

A HBO ainda não comentou essa falha, mas, da última vez, os responsáveis pela série justificaram o erro, que ficou conhecido como o CoffeeCupGate, com as longas horas de gravações e o extremo cansaço que toda a equipa estava a sentir. No que toca aos atores, estes passaram a última semana a justificarem-se e a acusarem-se uns aos outros, com as atrizes Emilia Clarke (Daenerys Targaryen) e Sophie Turner (Sansa Stark) a aparecerem no papel das principais suspeitas.

Apesar de os produtores terem editado a cena em questão, cortando esse plano de imagem e corrigindo a gaffe, antes do episódio ser exibido, a imagem promocional foi o suficiente para que surgisse na Internet uma avalanche de críticas por parte de fãs desiludidos com estas falhas "imperdoáveis" numa produção deste calibre, e centenas de imagens e comentários a ridicularizar a situação.

ASSINE AQUI E GANHE UM SACO. Ao assinar está a apoiar o jornalismo independente e de qualidade – essencial para a defesa dos valores democráticos em Portugal