Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austrália imprime 46 milhões de notas com um erro ortográfico

Sociedade

O erro vai ser corrigido mas todas as notas em circulação, com o erro, continuarão a ser válidas

O Banco Central australiano (RBA) já confirmou que as novas notas de 50 dólares foram impressas com a palavra “responsibility” (responsabilidade) mal escrita e garante que o erro será corrigido, ressalvando, no entanto, que todas as notas impressas continuarão a ser válidas.

O design mais recente inclui o retrato do escritor e inventor, David Unaipon, de um dos lados e, do outro, Edith Cowan, a primeira mulher a ser eleita deputada na Austrália. É precisamente, no fundo da imagem de Cowan, na transcrição do seu primeiro discurso no Parlamento, que se encontra a falha.

No microtexto que passou despercebido à maioria, pode ler-se: “É uma enorme responsabilidade ser a única mulher aqui, e quero da ênfase à necessidade existente de que mais mulheres aqui estejam.” Só que na palavra “responsabilidade”, em inglês, “responsibility”, um dos "i"s foi omitido.

As notas entraram em circulação em outubro do ano passado e, segundo o RBA, são as que têm maior tráfego na Austrália e as mais frequentemente fornecidas pelas caixas muiltibanco. Apesar disso, foram precisos mais de 6 meses para alguém conseguir detetar o erro.

A Austrália foi o primeiro país a introduzir as notas de plástico, em vez das tradicionais notas em papel, para aumentar a sua durabilidade e segurança, para além de adotar características distintas para cada nota, de modo dificultar a contrafação, por um lado, e a facilitar, por outro, a sua identificação por um invisual. Neste caso, as notas de 50 dólares têm não só um tamanho e cor característicos, mas também, quatro pontos com relevo, para serem reconhecidas através do tato.

ASSINE AQUI E GANHE UM SACO. Ao assinar está a apoiar o jornalismo independente e de qualidade – essencial para a defesa dos valores democráticos em Portugal