Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Porsche multada em €535 milhões por manipular testes de controlo das emissões de diesel

Sociedade

Sean Gallup/ Getty Images

A Porsche terá de pagar uma multa no valor de 535 milhões de euros por manipulação dos testes de controlo das emissões de diesel

Um porta-voz do Ministério Público de Estugarda, Alemanha, explicou que a multa foi aplicada depois de serem detetadas “negligências no controlo de qualidade”. A empresa não recorreu da decisão e emitiu uma declaração na qual sublinha que “concluir os procedimentos é um importante passo para terminar com o diesel”, algo que a Porsche anunciou o ano passado que iria fazer, concentrando-se agora na produção de carros a gasolina.

O grupo Volkswagen, a que pertence a marca de carros de luxo, tem estado envolvido em vários escândalos relacionados com ilegalidades nos testes de controlo de emissões de diesel. A Audi, também pertencente ao grupo, foi igualmente acusada de falsificar os testes para que os seus carros parecessem menos poluentes em laboratório do que seriam em condições reais de condução. No total, a empresa admitiu manipular 11 milhões de veículos por todo o mundo.

O famoso “Dieselgate”, como ficou conhecido o escândalo dos testes manipulados, já custou ao grupo alemão cerca de 30 mil milhões de euros, e milhares de investidores preparam-se agora para processar a empresa devido à enorme perda de valor das ações.

O grupo Volkswagen não é o único a ser acusado de manipulação destes mesmos testes - a BMW também anunciou esta segunda-feira os lucros seriam 74% mais baixos devido a despesas no valor de 1.6 mil milhões de euros com multas e custos legais na sequência da adulteração dos testes de emissões.

ASSINE AQUI E GANHE UM SACO. AO ASSINAR ESTÁ A APOIAR O JORNALISMO INDEPENDENTE E DE QUALIDADE – ESSENCIAL PARA A DEFESA DOS VALORES DEMOCRÁTICOS EM PORTUGAL