Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Descoberto fóssil de antiga criatura marinha "monstruosa"

Sociedade

Tem um total de 45 tentáculos e o nome não atenua a ideia de monstro de ficção científica. Mas o Sollasina cthulhu é real. Ou melhor, era... há 450 milhões de anos

Museu Peabody de História Natural da Universidade de Yale

Reconstrução 3D do 3D do Sollasina cthulhu

Reconstrução 3D do 3D do Sollasina cthulhu

Uma equipa internacional de cientistas anunciou esta quarta-feira a descoberta dos restos fossilizados de um parente antigo do pepino do mar. Chamaram-lhe Sollasina cthulhu, em homenagem a uma das criatura fantásticas das histórias de terror de H. P. Lovecraft, explicam os investigadores no estudo publicado no Proceedings of the Royal Society B. Só que, ao contrário do Cthulhu ficcionado, este era minúsculo, apesar dos seus 45 tentáculos: o fóssil encontrado tem apenas cerca de 3 centímetros.

Os cientistas sublinham, no entanto, que com os muitos "pés tubulares" estendidos em todas as direções, parado no fundo do mar, a criatura pareceria muito maior. E mesmo com um tamanho tão reduzido, não deixa de inspirar "pesadelos", com os tentáculos, que, por sua vez, tinham uma espécie de armadura, a serem usados para apanhar alimento, "andar" e afastar predadores.

O Sollasina pertence a um grupo extinto chamado opiocistioides", informa, em comunicado, o Museu de História Natural da Universidade de Oxford. Derek Briggs, paleontólogo de Yale e co-autor do estudo, acrescenta que a análise "sugere que estas criaturas divergiram da linha que levou aos pepinos do mar modernos".

O comunicado explica ainda que a reconstrução 3D do Sollasina mostra tecidos moles nunca antes vistos em fósseis deste género.

ASSINE AQUI A VISÃO E RECEBA UM SACO DE OFERTA