Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

James Corden lamenta que os atores com excesso de peso só fiquem com os papéis de “amigos engraçados” e "nunca" com os românticos

Sociedade

Presley Ann/ Getty Images

Durante a sua participação no podcast do ator David Tennant, o apresentador do The Late Late Show criticou a indústria do entretenimento efalou sobre a forma como são vistos os atores com excesso de peso

James Corden, apresentador do popular talk show americano The Late Late Show, critica a exclusão de atores com excesso de peso para grandes papéis em filmes, explicando que, no máximo, conseguem ser os bons e divertidos amigos de personagens atraentes.

Convidado no podcast do ator David Tennant, Corden não pôde falar da altura em que começou a escrever peças, como a série “Galvin e Stacey”, escrita e interpretada em conjunto com Ruth Jones, sem referir um desses episódios de que foi alvo. Foi durante a produção do filme The History Boys, em 2004, que Corden viu fugir da sua mão o papel de protagonista para outros dois rapazes com idades e patamares de carreira semelhantes, enquanto a ele lhe coube um sem grande destaque. “Senti que as pessoas me estavam a dizer: tu és muito bom, trata-se só da tua aparência”, recorda.

Para o apresentador não há espaço para que atores com excesso de peso apareçam como protagonistas em filmes em que se apaixonam ou até tenham relações sexuais. “Ninguém te acha atraente. No máximo vais ser o bom amigo de alguém atraente, que o conforta e que às vezes faz umas piadas”, explica, acrescentando que, à medida que vão envelhecendo, são frequentes os papéis de juiz.

Esta não foi a primeira vez que o ator que integrou o elenco de Fat Friends, uma série rodada em 2000, surge indignado com a maneira como a indústria explora pessoas que fogem dos padrões. Em 2016, numa entrevista à Rolling Stone, Corden afirmou que não entendia o porquê de, em comédias românticas, não se verem pessoas “não atraentes” ou pesadas a apaixonarem-se. “E se se apaixonam, é de uma forma estranha, indireta ou maluca – e não é. É exatamente igual”.

ASSINE AQUI A VISÃO E RECEBA UM SACO DE OFERTA