Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Filme de Bryan Singer adiado devido a acusações de abuso sexual e violação

Sociedade

Red Sonja estreou em 1985

O remake de Red Sonja, filme de 1985 com Arnold Schwarzenegger, foi retirado da lista dos estúdios depois das denúncias de abuso sexual e violação

Os estúdios Millenium Films decidiriam adiar o projeto que traria de novo a história de Conan, O Bárbaro para os ecrãs depois de novas alegações contra realizador de Bohemian Rhapsody terem vindo a público em janeiro.

Recorde-se que a revista The Atlantic publicou um artigo no seu site em que quatro homens acusam Bryan Singer de comportamentos predatórios, abuso sexual e violação que terão ocorrido na década de 1990. Na altura dos acontecimentos, um dos acusadores era um menor de 13 anos.

O remake de Red Sonja, que estreou em 1985 com Brigitte Nielsen e Arnold Schwarzenegger nos principais papéis, tinha um orçamento entre os 70 a 80 milhões de dólares (cerca de 62 a 70 milhões de euros) e, segundo a imprensa especializada, 10 milhões estavam destinados a Singer.

“O projeto não está na lista, de momento, e não está à venda”, referiu a Millenium Films.

Depois do escândalo rebentar Bryan Singer foi afastado da lista de nomeados para os Bafta (prémios britânicos de cinema) pelo filme Bohemian Rhapsody – que o realizador acabou por não terminar, tendo sido despedido devido a divergências internas. O biopic sobre Freddie Mercury está nomeado para o Oscar de melhor filme, embora Singer não esteja na corrida para o prémio de melhor realizador.