Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Caçador furtivo condenado a ver o Bambi todos os meses durante um ano na prisão

Sociedade

Walt Disney

David Berry foi condenado por caça furtiva no Missouri, Estados Unidos, num julgamento que envolveu mais 13 pessoas, acusadas de 230 crimes praticados em 11 condados diferentes

Um juiz do estado do Missouri, nos EUA, sentenciou um homem a um ano de prisão e a ver o filme Bambi, da Walt Disney, todos os meses. David Berry foi condenado por caça furtiva, num dos maiores julgamentos do género naquele estado – 14 pessoas, incluindo alguns familiares do detido, foram acusadas de mais de 230 crimes praticados em 11 condados diferentes.

Berry caçava veados de forma ilegal e apenas ficava com a cabeça e os chifres como troféu, deixando o resto do corpo dos animais a apodrecer.

Recorde-se que no filme Bambi, de 1942, a mãe do pequeno veado é morta por caçadores.

“As condenações de Berry Jr. são a apenas a ponta de longa lista de pesca ilegal e atividades de caça furtiva praticadas por ele e outros membros da sua família”, disse Andy Barnes, agente de conservação do condado.

A investigação ao caso durou nove meses.