Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Pescador salva bebé que pensava ser um boneco

Sociedade

Matata Beach

A criança, de 18 meses, estava a flutuar na água quando o homem a viu

Um homem neozelandês, Gus Hutt, estava a pescar perto de um parque de campismo em Matata Beach, North Island, na Nova Zelândia, quando viu Malachi Whyte, um bebé de 18 meses, a flutuar na água. Inicialmente, pensou ser um boneco de porcelana.

"Enquanto ele passava, achei que era apenas um boneco", conta ao jornal New Zealand Herald. "Mesmo quando estendi a mão e o agarrei pelo braço, ainda achei que fosse um boneco".

Só quando o bebé deu um pequno grito é que o pescador percebeu que era real. "Eu pensei: Oh meu Deus, é um bebé e está vivo". Gus Hutt diz ter-se tratado de um milagre, já que o seu local habitual de pesca é a 100 metros do sítio onde encontrou o bebé. "Simplesmente não estava destinado a ir, ainda não era a hora dele", diz.

O pescador regressou ao parque de campismo e os funcionários foram alertados para a situação. Os pais da criança foram rapidamente informados do sucedido, porque eram o único casal com um filho no parque de campismo.

A mãe, Jessica Whyte, contou que o momento em que soube que o bebé tinha sido encontrado na água foi "horrível". Malachi Whyte foi levado para o hospital mas regressou a casa ainda no mesmo dia, sem qualquer ferimento.

Supostamente, a criança conseguiu sair da tenda enquanto os pais dormiam e caminhou até à água.