Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Há vagas de emprego à espera de enfermeiros... na Alemanha

Sociedade

Christopher Furlong / GettyImages

Portugueses interessados podem candidatar-se em plataforma na internet. Dominar a língua alemã é requisito obrigatório, de forma a ser possível comunicar com os doentes

Rui Antunes

Rui Antunes

Jornalista

A Alemanha dispõe de 35 mil vagas de emprego na área da enfermagem e cuidados geriátricos, segundo a empresa de mediação laboral Employland. A necessidade de contratar profissionais qualificados nestas áreas tem vindo a acentuar-se, e a tendência deverá manter-se nos próximos anos. Uma vez que o mercado interno não consegue dar resposta a tanta procura, também significativa na área da obstetrícia, é preciso recorrer à imigração. E em força: até 2030, estima-se, haverá na Alemanha um défice de um milhão de trabalhadores no setor da saúde, entre 165 mil médicos e 800 mil outros profissionais.

Os profissionais portugueses interessados podem inscrever-se, sem custos, na plataforma online da Employland, que funciona como uma espécie de base de dados onde as empresas procuram mão de obra e encaminha o trabalhador nas burocracias do processo. O serviço é cobrado às empresas que contraram.

Além dos conhecimentos de enfermagem, a candidatura implica um domínio da língua alemã, de nível B2 ou, na pior das hipóteses, A2, com formação adicional por forma a comunicar com os doentes.

“Apenas uma forte imigração pode resolver o problema”, considera esta startup de recursos humanos, apostada em indicar o caminho aos profissionais estrangeiros que se desejem juntar ao mercado de trabalho alemão.