Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Morreu a atriz Guida Maria

Sociedade

DR

O velório realiza-se esta terça-feira, a partir da 19h00, na Basílica da Estrela, em Lisboa, e o funeral será na quarta-feira, às 15h00, para o Cemitério dos Prazeres

A atriz portuguesa Guida Maria morreu hoje aos 67 anos vítima de cancro, revelou à Lusa o encenador António Pires.

"A atriz faleceu hoje de manhã, tranquilamente durante o sono, após ter sido vítima de doença prolongada", referiu o encenador.

O velório realiza-se hoje, a partir da 19:00, na Basílica da Estrela, em Lisboa, e o funeral tem lugar na quarta-feira, às 15:00, para o Cemitério dos Prazeres, também na capital.

Nascida em Lisboa, em 1950, Guida Maria fez cinema, ficção em televisão, mas sobretudo teatro, tendo participado em cerca de 40 peças, entre as quais A mãe, Auto da geração humana, A casa de Bernarda Alba e, possivelmente, uma das mais conhecidas da carreira, Os monólogos da vagina.

Estreou-se no teatro aos sete anos, na peça Fogo de Vista, no Teatro da Trindade. Aos 12 anos, e depois de já ter entrado em várias peças e filmes, conseguiu o reconhecimento da crítica ao desempenhar o papel de uma criança cega, surda e muda numa peça encenada por Luís de Sttau Monteiro, O Milagre de Anne Sullivan.

Fez formação na Escola de Teatro do Conservatório Nacional. Já depois dos 30 anos, foi para Nova Iorque e estudou na American Academy of Dramatic Arts.

O último papel que representou foi na telenovela da TVI A Última Mulher, em 2016.

Era a mãe da atriz Julie Sergeant.