Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Estudo revela forma incrível como formigas vermelhas constroem "Torre Eiffel" mesmo sem terem um "plano"

Sociedade

  • 333

As formigas vermelhas usam os corpos para construir estruturas semelhantes à Torre Eiffel quando têm de superar determinadas alturas para fugir ou para obter alimento

A investigação, publicada esta quarta-feira pela Royal Society Open Science e desenvolvida pelo Instituto de Tecnologia da Georgia, nos EUA, sugere que estes insetos atuam assim sem receber ordens de um líder e sem ter qualquer plano coordenado.

Os especialistas concluíram que cada formiga vermelha deambula sem rumo certo, seguindo um conjunto de regras determinadas, até que, sem que se dê conta, começa a participar na construção de uma torre com vários centímetros de altura.

"Se observarmos as formigas durante 30 segundos, não imaginamos que vão criar algo milagroso ao fim de 20 minutos. Sem planificação e sem recorrer a uma tentativa-erro, constroem uma estrutura que os ajuda a sobreviver", afirma David Hu, coautor do estudo.

Este grupo de investigadores já tinha descoberto em 2014 que estas formigas são capazes de unir os corpos para construir balsas impermeáveis e permanecer a flutuar durante meses.

Quando uma formiga encontra uma saída ou um espaço vazio, e normalmente em altura, detém-se e espera que cheguem outras para começar a subida e a construção da estrutura.

No entanto, este processo não é completamente vertical como se se tratasse de arranha-céus, já que à medida que a edificação ganha altura também se alarga a sua base, o que permite gradualmente reconhecer a forma da Torre Eiffel.

com Lusa