Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tornado? Sim, mas eu tenho relva para cortar

Sociedade

  • 333

Uma foto de um canadiano a tratar do jardim, sem se preocupar com o tornado nas suas costas, está a deixar as redes sociais num turbilhão

DR

Theunis Wessels tinha uma lista de tarefas domésticas para cumprir, e prometeu à mulher começar pela relva, enquanto ela dormia uma sesta. E levou a sério a promessa, mesmo sob o olho de um furacão. Quando Cecilia foi acordada pela filha, assustada com um tornado, encontrou o marido despreocupadamente a cortar a relva. "Estou de olho nele", disse-lhe Theunis. E continuou a tratar do jardim, num subúrbio da vila de Three Hills, no sudoeste do Canadá.

Cecilia acabou por tirar uma foto da cena, ainda que o objetivo fosse apanhar o furacão para enviar a imagem aos pais, na África do Sul, onde este tipo de fenómenos atmosféricos está longe de ser comum. "Estava toda a gente da nossa rua nos quintais, a tirar fotos", justifica.

Mas foi o marido que se tornou um herói acidental, quando a imagem apareceu e começou a ser partilhada no Facebook. Não que ele se considere particularmente corajoso, ou inconsciente. "Parece estar mais perto do que está na realidade", garantiu, mais tarde, à agência de notícias The Canadian Press. "Na verdade, estava muito longe. Quer dizer, não muito, muito longe, mas longe."