Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Jovem de 17 anos que morreu com sarampo não tinha sido vacinada

Sociedade

  • 333

A jovem de 17 anos, que estava internada no Hospital Dona Estefânia, em Lisboa, por complicações do sarampo, morreu esta madrugada. O ministro da Saúde já confirmou que a adolescente não tinha sido vacinada

Em conferência de imprensa, o ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, revelou que a a jovem de 17 anos "não estava protegida do ponto de vista imunitário".

De acordo com o Centro Hospitalar de Lisboa Central (CHLC), a jovem morreu "na sequência de uma situação clínica infeciosa com pneumonia bilateral - sarampo", avança a agência Lusa.

A jovem, que terá sido contagiada por um bebé de 13 meses, não vacinado, estava internada desde o fim de semana na Unidade de Cuidados Intensivos Pediátricos do CHLC - Hospital Dona Estefânia, na sequência de uma pneumonia bilateral - complicação respiratória do sarampo. A adolescente encontrava-se num quarto de isolamento, em estado "bastante grave", nas palavras do diretor-geral de Saúde.

Em Portugal existem atualmente 21 casos de sarampo confirmados. Além da jovem, o bebé contagiou quatro funcionários do hospital de Cascais.