Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

6 sinais de que pode ser intolerante à lactose 

Sociedade

Graeme Robertson/ Getty Images

A intolerância à lactose pode ocorrer em qualquer fase da vida. Saiba quais os sintomas que podem indicar que está a desenvolver este problema

A intolerância à lactose consiste na incapacidade de digerir este tipo de açúcar presente em todos os leites de animais mamíferos e está associada a uma enzima denominada lactase. Esta enzima, que faz parte do sistema digestivo, divide a lactose em dois açúcares (glicose e galactose), que são absorvidos pelo organismo.

No entanto, algumas pessoas não têm os níveis de lactase suficientes para realizar esta divisão, o que significa que grande parte deste açúcar permanece no intestino sem ser absorvido. A lactose acaba por ser fermentada por bactérias dentro do intestino, o que leva à formação de gás e causa derivados sintomas.

Jo Travers, nutricionista e autora do livro The Low-Fad Diet, refere seis sintomas associados à intolerância à lactose, citados pelo The Huffington Post:

Dores de estômago e cólicas

Se sentir dores de estômago após consumir alimentos que contenham leite ou produtos lácteos, pode ser um sinal. No entanto, este sintoma não é imediato. "Geralmente, os sintomas demoram, por isso pode não ser óbvio que é o lacticínio o causador do problema", diz Travers. Os sintomas pode surgir entre 30 minutos a duas horas depois do consumo.

Estômago inchado

Se a sua barriga incha, após consumir estes alimentos, pode ser outro indicador de que o seu intestino não está a reagir bem.

Flatulência

É dos sintomas mais comuns e dos mais incomodativos também.

Sentir-se doente

Se sente náuseas constantemente, esse pode ser um sinal de alerta.

Aqueles "roncos" que o seu estômago faz

Pode não ser um sinal de que está na hora de comer alguma coisa, mas sim a forma de o seu organismo lhe dizer que está a digerir mal os alimentos lácteos.

Diarreia

Se tem este sintoma depois de comer um iogurte, uma tigela de cereais com leite ou algo semelhante, é mais um sintoma a ter em conta.