Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Espanhol participou no X Factor britânico enquanto era procurado por pedofilia

Sociedade

  • 333

Antes de ser detido e condenado a mais de 23 anos de prisão pela violação de uma menina de 10 anos, o espanhol, de 46 anos, ainda trabalhou num hospital britânico

A história de Manuel Pons Sanchez não é vulgar. Desde agosto do ano passado a cumprir pena de prisão por sucessivas violações e agressões a uma menina, entre os seus 6 e os 10 anos de idade, levou até aí uma vida pouco usual para alguém procurado pela polícia: arranjou um trabalho como porteiro do Whiston Hospital, em Liverpool, e ainda brilhou na versão britânica do concurso televisivo de talentos musicais X Factor.

A notícia foi avançada pelo jornal britânico Mirror que recorda a forma como Simon Cowell ficou rendido à sua interpretação de um clássico dos U2, mencionando o esforço com que se dedicou à musica, sem nunca ter feito ideia do homem que estava à sua frente.

A vítima, hoje maior de idade, sofre de stress pós-traumático profundo e mazelas psicológicas para a vida, segundo o jornal. Os abusos à menor ocorreram até 2004, ano em que Manuel Pons Sanchez viajou para Inglaterra, mas só em 2007 a mãe da menina alertou as autoridades. Em 2009, quatro anos depois, fez a sua primeira audição. Foi detido em agosto do ano passado e condenado no Tribunal de Palma de Maiorca a 23 anos e 6 meses de prisão.