Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Taxistas desmobilizaram de madrugada mas voltam para a semana

Sociedade

  • 333

Para a próxima segunda-feira estão prometidas novas manifestações. Desta vez, em frente ao Palácio de Belém e nas câmaras municipais de Porto e Faro

O presidente da ANTRAL, Florêncio Almeida, recomendou a desmobilização esta madrugada e convocou novo protesto para segunda-feira, junto ao Palácio de Belém e às câmaras do Porto e de Faro.

Cerca das 02:20, Florêncio Almeida, da Associação Nacional dos Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros (ANTRAL), alertou o taxistas que ainda permaneciam no protesto na rotunda da Relógio, junto ao aeroporto de Lisboa, de que a PSP o avisou que iria começar a bloquear e a rebocar as viaturas que ali se mantivessem.

Após este aviso, e depois de explicar que o bloqueamento e que o reboque teria custos legais, bem como uma comparência em tribunal ainda hoje, Florêncio Almeida aconselhou os taxistas a mudarem o protesto para a próxima segunda-feira, a partir das 08:00.

O presidente da Federação dos Táxis, Carlos Ramos, afirmou que há mais dias para além de hoje, sublinhando que era preciso as pessoas perceberem que "vai ser possível envolver" um partido político (que já se disponibilizou), bem como o Presidente da República e as autarquias, defendendo uma "discussão aprofundada" sobre o assunto, porque estão a "lutar contra um gigante".

Em declarações à Lusa no final do protesto, Florêncio Almeida fez um balanço "bastante positivo" desta concentração, sublinhando que o protesto na próxima segunda-feira visa envolver o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que também tem "uma palavra a dizer".