Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Censurado: De Niro veste-se de "Touro Enraivecido" para deixar Trump KO em 55 segundos

Sociedade

  • 333

Cartaz promocional do filme "Touro Enraivecido" (1980), que valeu a Robert de Niro o Oscar de melhor ator a fazer de pugilista

DR

O ator americano dedicou 12 insultos e outros "mimos" ao candidado republicano à Casa Branca num vídeo com menos de um minuto que foi censurado por excesso de agressividade: "Apetece-me dar-lhe um murro na cara"

Rui Antunes

Rui Antunes

Jornalista

Não foi o resmungão de coração mole, como em O Sogro do Pior e outros que tais, que Robert de Niro encarnou ao opinar sobre as eleições americanas de 8 de novembro. Para destratar Donald Trump e desencorajar ao voto no candidato republicano, o ator preferiu vestir a pele da personagem que lhe valeu o Oscar de melhor ator, em 1980, em Touro Enraivecido.

Num vídeo de 55 segundos feito para a revista Vice, De Niro desfere vários golpes, incluindo 12 insultos, e acabou por não ser incluído na campanha que visava colocar personalidades a dizerem o que as preocupava no futuro dos Estados Unidos.

O ator que também ganhou fama em Taxi Driver apelou aos compatriotas para não deixarem o país cair nas mãos de alguém "descaradamente estúpido".

VEJA O VÍDEO:

Tradução completa:

"Ele é tão descaradamente estúpido. É um rufia, um cão, um porco, um vigarista, um artista de merda, um rafeiro que não sabe o que diz. Ele não faz o trabalho de casa, não se interessa, pensa que está a jogar a sociedade, não paga impostos. É um idiota. Collin Powell disse-o melhor, é um desastre nacional. Um embaraço para este país. Fico tão revoltado por este país ter chegado a este ponto. Que este parvo, este palhaço, tenha chegado onde chegou. Ele fala de como quer esmurrar pessoas na cara. Bem, eu gostava de lhe dar um murro na cara. Isto é alguém que queiramos para presidente? Não creio. Preocupo-me com a direção que este país leva. E estou muito, muito preocupado por poder ir na direção errada, com alguém como Donald Trump. Se se preocupa com o seu futuro, vote por ele."