Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

A Dama de Ferro foi um instrumento de tortura na Idade Média. Mito ou realidade?

Sociedade

Será que esta espécie de sarcófago alguma vez serviu para castigar criminosos?

Catarina Pelica

(Não estamos a falar de uma outra vida de Margaret Thatcher.) A Dama de Ferro é um dos mais conhecidos métodos de tortura da Idade Média: o acusado entraria numa espécie de sarcófago de ferro com uns orifícios para espigões, que não atingiam os órgãos vitais mas conduziam a uma morte lenta.

Em 1793, Johann Philipp Siebenkees, um filósofo alemão, escreveu que o aparelho tinha sido usado pela primeira vez em 1515 para executar um falsificador de moedas. No entanto, a história terá sido apenas o produto de uma fértil (e macabra) imaginação, já que não há qualquer prova de que tenha existido uma Dama de Ferro antes do séc. XVIII.

O exemplar mais famoso, a Virgem de Nuremberga, data de 1802. Os historiadores acreditam que a Dama de Ferro foi apenas uma artimanha criada por artesãos desejosos de se aproveitarem do imaginário de colecionadores.