Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Wi-fi: De onde partem as radiações. Elas andam aí e dizem que nos fazem mal

Sociedade

A rede wi-fi está sob suspeita. Nada se se vê, nada se cheira, nada se sente, e no entanto a radiação eletromagnética anda por aí a assustar muita gente. CONSULTE A INFOGRAFIA

Não as vemos, mas elas estão permanentemente à nossa volta. As ondas eletromagnéticas são essenciais para a partilha de informação à distância e, depois da “invasão” dos telemóveis, é o Wi-Fi (internet sem fios) que está a tomar conta do ambiente que nos rodeia – sem pedir licença.

França proibiu-o nas creches e concedeu a primeira pensão de invalidez por “alergia” à tecnologia. Em Portugal, também há quem se considere Hipersensível às Radiações Eletromagnéticas e tenha sido obrigado a mudar de vida; e quem se prepare para criar um grupo de consciencialização sobre os riscos destas ondas. Devemos ficar preocupados?

VEJA O VÍDEO: Jornalista Vânia comenta o tema de capa da VISÃO

SAIBA TUDO SOBRE ESTA AMEAÇA ESCONDIDA NA VISÃO DESTA SEMANA, QUINTA-FEIRA NAS BANCAS

DISPONÍVEL TAMBÉM:

  • Estará o wi-fi a por-nos em perigo?

    Sociedade

    A edição desta semana da VISÃO lança o debate em torno dos potenciais malefícios das ondas eletromagnéticas. Depois dos telemóveis, é o wi-fi (internet sem fios) que está a tomar conta da nossa atmosfera. Devemos estar preocupados? A jornalista Vânia Maia explica porque é que esta é uma discussão que devemos ter