Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Aqui morreu uma mulher

Um número imenso de mulheres mortas às mãos de quem era suposto amá-las foi o mote para a VISÃO arrancar com este projeto: fotografar os locais onde ocorrem os crimes e contar as histórias destas mulheres que viram as suas vidas ceifadas em contexto de violência doméstica.

Teresa Campos

Teresa Campos

Texto

Jornalista

José Carlos Carvalho

José Carlos Carvalho

Fotos

Repórter Fotográfico

Eis o retrato deste país feito de ódios de perdição: num só ano morreram 28 mulheres vítimas dos maridos, namorados ou companheiros. A maioria tinha entre os 35 e os 65 anos, foi morta com arma de fogo e dentro da própria casa. Em 30 por cento dos casos, já havia queixa na polícia. Estes os casos que marcaram o ano de 2015.

SAIBA MAIS NA VISÃO DESTA SEMANA, ESTA QUINTA FEIRA NAS BANCAS