Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Os segredos que os proprietários dos hotéis não querem que você saiba

Sociedade

© Charles Platiau / Reuters

Vários empresários de hotelaria contam que os hotéis de luxo não são sempre tão limpos como podemos imaginar. Aqui estão alguns segredos que o rececionista nunca lhe dirá quando fizer check-in

A maioria das pessoas frequenta hotéis para descansar e aproveitar todas as comodidades e serviços ao seu dispôr. Seja a nível profissional ou em familia, quem não gosta de dormir numa cama gigante, com lençóis brancos lavados e toalhas frescas pela manhã.

O problema é que essas toalhas e lençóis podem não estar tão limpos quanto aparentam, é verdade! De acordo com os vários proprietários de hotéis que participaram numa discussão online, na aplicação de perguntas e respostas - Quora - sobre coisas que não querem que os seus clientes saibam nem por nada deste mundo, ficamos a conhecer alguns segredos pouco simpáticos.

Zeev Sharon e Michael Forrest Jones são ambos gerentes de start-ups de hotéis nos Estados Unidos da América. Forrest Jones gere a cadeia Beechmont Hotels Corporation, um hotel de sucesso que permitiu-lhe ganhar a experiência necessária para agora aconselhar os empresários de hotelaria a melhorar o seu negócio. Sharon é o CEO da Hotelied, uma start-up que permite às pessoas inscreverem-se para descontos em hotéis de luxo.

De acordo com o que os dois empresários afirmam na aplicação Quora, os hotéis de luxo não são sempre tão limpos como podemos imaginar. Aqui estão alguns segredos que o rececionista nunca lhe dirá quando fizer check-in, de acordo com as respostas partilhadas no Quora:

Tire os cobertores e/ou edredons da cama

Forrest Jones diz que qualquer coisa que entre em contacto com a pele humana deve ser retirado e lavado sempre que usado, mas às vezes nem os hotéis mais chiques o fazem - "Alguns hotéis ainda hesitam em relação à lavagem diária se sentirem que conseguem escapar-se da tarefa," disse.

Não use a "prateleira" de madeira para pôr malas

Os ácaros adoram madeira. Forrest Jones diz que os clientes devem tirar tudo o que pretendem usar de dentro das malas e deixar a mala no chão.

Os hotéis cobram o quarto consoante o preço da sua construção

Zeev Sharon diz que a cada 874€ investidos na construção do quarto, o hotel cobrará 0,87€ de taxa média diária, ou seja, um quarto que tenha custado 262 066€ a construir, deverá cobrar, em média, 262€ por noite.

Cuidado com o secador de cabelo de parede

É o equipamento elétrico do quarto com mais germes. Outros estudos indicam que o comando de televisão e os interruptores das luzes das mesinhas de cabeceira são os objetos menos higiénicos do hotel. "As empregadas domésticas por vezes não aplicam desinfetante no comando e interruptores," disse Forrest Jones.

Tire os cobertores e/ou edredons da cama

Forrest Jones diz que qualquer coisa que entre em contacto com a pele humana deve ser retirado e lavado sempre que usado, mas às vezes nem os hotéis mais chiques o fazem - "Alguns hotéis ainda hesitam em relação à lavagem diária se sentirem que conseguem escapar-se da tarefa," disse.

Não use a "prateleira" de madeira para pôr malas

Os ácaros adoram madeira. Forrest Jones diz que os clientes devem tirar tudo o que pretendem usar de dentro das malas e deixar a mala no chão.

Os hotéis cobram o quarto consoante o preço da sua construção

Zeev Sharon diz que a cada 874€ investidos na construção do quarto, o hotel cobrará 0,87€ de taxa média diária, ou seja, um quarto que tenha custado 262 066€ a construir, deverá cobrar, em média, 262€ por noite.

Cuidado com o secador de cabelo de parede

É o equipamento elétrico do quarto com mais germes. Outros estudos indicam que o comando de televisão e os interruptores das luzes das mesinhas de cabeceira são os objetos menos higiénicos do hotel. "As empregadas domésticas por vezes não aplicam desinfetante no comando e interruptores, " disse Forrest Jones.

Os mini bares causam despesa

Toda a gente se queixa dos preços absurdos das bebidas e snaks dos mini bars presentes nos quartos de hotel, mas, a verdade, é que os proprietários dos hotéis ainda estão à procura de formas de conseguir lucrar com os mesmos. "Os mini bars perdem dinheiro quase sempre, mesmo quando cobram 9 euros por uma coca-cola," disse Sharon.

Verifique sempre se as tolhas estão limpas quando chegar

Forrest Jones faz questão de ajudar as empregadas de limpeza para compreender melhor os hábitos e necessidades dos clientes. "É curioso, quando um quarto foi ocupado por um homem as toalhas da casa de banho ficam quase sempre no chão perto da cama. É algo que acontece diversas vezes. Quando são mulheres as toalhas ficam no chão da casa de banho", disse.