Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Como perder barriga em apenas 24 horas

Sociedade

Não se trata de perder peso de um dia para o outro. Mas reduzir o inchaço abdominal dá a ilusão de emagrecimento e isso, garantem duas nutricionistas norte-americanas, é possível em 24 horas

Uma barriga lisa para ostentar na praia, no ginásio ou numa ocasião especial é o sonho de muitos. Mas, de um dia para o outro, é possível ver efeitos no ventre? As especialistas norte-americanas em nutrição Lovisa Nilsson e Shauna Wilkinson dizem que sim e revelaram ao Daily Mail um conjunto de dicas e um menú de um dia para reduzir rapidamente o inchaço e ficar com uma barriga mais lisa.

Dicas para reduzir a barriga

Comer 5 vezes ao dia: pequeno-almoço, almoço, jantar, lanches a meio da manhã e a meio da tarde.

Beber chá de ervas e muita água: beba seis a oito copos de água por dia, devagar; adicione uma colher de chá de sumo de limão para aumentar os efeitos de "limpeza".

Evitar as bebidas com gás: mesmo as bebidas "light" ou "diet" podem levar a que o gás permaneça no estômago, causando o inchaço. Opte por beba água, por exemplo com sabor a limão, lima, pepino ou experimente chá de hortelã.

Não mastigar pastilha elástica: isto pode fazer com que ingira grandes quantidades de ar, o que pode aumentar o inchaço. Pode ainda estimular as suas enzimas digestivas que aumentam a sensação de fome.

O desejo por doces: Comer refeições regularmente saudáveis, com a dose necessária de proteínas deverá ajudar a reduzir o apetite e vontade de comer doces, mantendo os seus níveis de açúcar no sangue equilibrados.

Ter cuidado com o sal: o excesso de sal aumenta a retenção de líquidos, o que vai fazer a barriga parecer mais inchada e pesada.

Evitar adoçantes: muitas pessoas sofrem de inchaço porque consomem muitas bebidas e comidas adoçadas artificialmente.

Mastigar bem a comida e devagar: mastigar até o alimento ficar quase líquido, não apenas para se assegurar que a comida é devidamente digerida, mas também para comer mais lentamente e saborear mais a comida, evitando comer demasiado.

Limitar o consumo de alimentos que provoquem gases: alimentos como os feijões, vegetais de raiz, são alimentos a evitar.

Adicione aipo às suas receitas: o aipo é um excelente diurético, devido ao seu elevado conteúdo de potássio e que pode ajudar à retenção de líquidos. Adicione pedaços de aipo à sua salada, procure uma boa receita de sopa de aipo ou utilize-o num sumo de vegetais.

Menú a pensar num ventre liso

PEQUENO-ALMOÇO

Hidratos de carbono simples (como bolos ou pão branco) deixam-nos mais letárgicos e cansados, quando os níveis de açúcar caem novamente. Ovos ao pequeno-amoço, amêndoas e requeijão são excelentes opções, assim como a aveia. Antes do pequeno-almoço, beba um copo de água com limão. Durante a manhã também é boa ideia beber chá verde.

LANCHE DA MANHÃ

Frutos secos sem sal, como amêndos ou caju, são ricos em gordura saudável que reduz os níveis de inflamação.

ALMOÇO

É importante que o almoço seja saudável mas substancial o suficiente para o deixar saciado ao longo de grande parte da tarde. Pode ser uma salada com folhas verdes, como o espinafre, mas é importante que tenha uma fonte de hidratos de carbono complexos, como arroz integral ou quinoa, e de proetína, como salmão ou ovo. Tomate e abatece também fazem parte da lista dos alimentos a incluir. Para temperar, limão ou vinagre e azeite. Pepino, cenouras, sementes de girassol são também boas opções.

LANCHE DA TARDE

Faça um snack à base de iogurte natural, rico em bactérias probióticas que ajudam o sistema digestivo. Pode juntar canela ou gengibre. O pepino e a melancia ajudam a reduzir a retenção de líquidos e inchaço.

JANTAR

Se não comeu salmão ao almoço, esta é a oportunidade, por exemplo, com espinafres e alho.