Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

18 passos para ser mais feliz

Sociedade

É o desejo mais universal e mais antigo da Humanidade e objeto de várias teorias filosófias e estudos. No Dia Internacional da Felicidade, 18 passos simples para a conquistar

1 - Abrandar e desfrutar dos pequenos momentos

Deixe de estar sempre tão ocupado a ponto de não conseguir sequer aproveitar os sabores da comida que ingere, de se ouvir a si mesmo, de assistir ao pôr-do-sol ou ouvir com atenção a letra da sua música favorita.

2 -  Dizer não aos desperdícios de tempo 

Os seus dias valiosos e apenas devem envolver pessoas e coisas valiosas. Não dá para estar em todo o lado ao mesmo tempo e não dá para ser tudo para todos. Deve escolher o que e quem é que merece o seu tempo e deixar o resto de lado.

3 - Ser mais sincero e aberto consigo mesmo

O que é que quer mesmo fazer com a sua vida? O caminho que está a percorrer agora é aquele que sempre quis fazer ou está nele apenas porque a sociedade o empurrou? Deixe de fazer aquilo que não gosta mas que lhe foi imposto.

4 - Correr mais riscos

Arrisque. Cometa erros e falhe algumas vezes. Falhe novamente depois disso. Deixe que os desafios ajudem a desenvolver o ser caráter, porque o sucesso que lhe segue vale a pena.

5 - Reconsiderar o círculo de amigos

É daquelas pessoas que está sempre a dar e a ouvir os dramas dos outros sem receber nada em troca? Será que as pessoas em quem confia a ajudam e levantam quando precisa? Acredita que as intenções dessas pessoas sejam verdadeiramente sinceras? Lembre-se que as cinco pessoas com quem passa mais tempo são aquelas que a definem na realidade.  

6 - Aceitar que o passado não pode ser alterado

Deixe de pensar no que poderia ter feito para determinada situação ter tido outro caminho. Foi assim porque tinha de ser assim. O importante é retirar daí a lição e aprender com ela.

7 - Arranjar tempo para ajudar quem precisa

Por vezes basta ter um pedaço de tempo para ouvir quem procura ajuda. Nunca sabemos se um dia vamos ser nós a precisar.

8 - Deixar de arranjar desculpas para não viver os seus sonhos

Se os outros conseguem, então nós também conseguimos. Se não os viver agora, daqui a uns anos vai estar a olhar para trás ressentido por não ter concretizado os sonhos que tinha.

9- Sentir-se feliz pelos outros

Mostrar ciúmes ou dar a entender que está feliz sem o estar nunca esteve na moda. Fique genuinamente feliz pelo sucesso dos outros porque o que importa é que estejam felizes e porque queremos que retribuam quando partilharmos as nossas boas notícias.  

10 - Dar o que gostaria de receber

Se procura compaixão, demonstre-a pelos outros. É costume dizer-se que o que se procura encontra-se.

11 - Deixar as expectativas à porta

As pessoas crescem, mudam e cometem erros. Algumas pessoas vão ajudá-lo e outras vão levá-lo ao chão. Não espere demasiado de ninguém. As únicas ações e pensamentos que consegue controlar são os seus.

12 - Dar crédito a si mesmo e parar de se menosprezar

Não se importe com o que os outros pensam ou deixam de pensar de si. Que peso é que isso tem? Olhe para si de forma grandiosa e permita-se ser maravilhoso.

13 - Respeitar a sua própria privacidade

Guarde algumas coisas para si. Não há necessidade de dar a conhecer todos os detalhes acerca da sua relação ou o que acontece no seu trabalho, mesmo que seja família e amigos muito próximos.

14 -Pensar pela sua cabeça

Não vá atrás das multidões. Ao tentar imitar os outros só se afasta do seu caminho. Sinta-se inspirado pelas ações dos outros e coloque essa energia naquilo que procura para si. 

15  - Comprometer-se com os objetivos

As pessoas felizes têm muita energia e canalizam-na para cumprir missões. Os psicólogos defendem que quanto mais vemos um objetivo como parte de nós mesmos, mais energia iremos utilizar para o cumprir.

16 - Encontrar significado no trabalho

Amy Wrzesniewski, uma psicóloga organizacional de Yale, lançou em 1997, juntamente com algumas colegas, um ensaio acerca de como as pessoas se relacionavam com o seu trabalho, identificando três formas de o encarar: como um trabalho, onde a pessoa se focava na parte financeira e na necessidade; como uma carreira, onde a pessoa se focava no avanço, e como um 'chamamento', onde se focava na alegria de realização, sendo o trabalho socialmente útil. A conclusão? As pessoas que encontram um sentido no seu trabalho são as mais felizes.

17 - Consumir alimentos frescos

Um estudo realizado em 2013 concluiu que comer bastante fruta e vegetais frescos tem um correlação positiva com a felicidade. Pessoas mais jovens que ingeriam entre sete e oito peças de fruta ou vegetais por dia, tinham níveis de felicidade mais elevados.

18 - Fazer exercício

Um estudo holandês que observou 8000 pessoas entre os 16 e os 65 anos, concluiu pela importância do exercício no estabelecimento da felicidade: "pessoas que praticam exercício estão mais satisfeitas com a sua vida e mais felizes que pessoas de todas as idades que não o praticam."