Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Medão/Supertubos - A onda perfeita

Praias

  • 333

José Caria

A praia de Peniche já passou de segredo bem guardado a meca internacional do surf

Os praticantes de surf acorrem aos magotes, atraídos pelas ondas que, não só são grandes, como têm a forma ideal. Acácio Grandela, hoje com 39 anos, lembra-se bem da primeira vez que apanhou uma onda na praia do Medão, junto de Peniche. Este empresário da restauração, natural do vizinho Baleal, tinha então 14 anos, e foi convidado para participar num campeonato de escolas de surf. "Tinha começado a surfar há poucos meses e ganhei a taça de melhor cadete", recorda, divertido. A partir daí, a praia dos Supertubos (como entretanto ficaria conhecida, entre os surfistas) tornou-se numa espécie de segunda casa. Conforme explica Acácio Grandela, o nome deve-se à sua "poderosa e única onda tubular, que aqui se forma por influência do vento norte". Uma onda perfeita que, a partir de 2009, se tornou conhecida em todo o mundo, após esta praia ter começado a receber uma etapa do circuito mundial de surf. "Até então, era um segredo bem guardado, apenas conhecido de alguns surfistas profissionais, que vinham para cá, depois das etapas europeias", relata Acácio. "Nós ficávamos maravilhados a vê-los surfar e, quando se iam embora, deixavam-nos cá as pranchas e os fatos." Hoje, já não é assim... A publicidade dada pelo Mundial atrai cada vez mais surfistas, vindos de todo o mundo. Mas Acácio Grandela avisa: "Esta não é uma onda para principiantes; já é preciso ter um certo nível para conseguir surfar aqui."

Como lá chegar: À entrada de Peniche, seguir a indicação para a praia do Medão