Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trocas - Guia para iniciados

Portugal

  • 333

Entrar, de repente, no mundo das transações sem dinheiro pode ser labiríntico. A VISÃO orienta-o

Na Rede

Há um universo de endereços onde se dá e recebe, sem gastar um euro. Publica-se o que se tem para oferecer ou pede-se aquilo de que se precisa. O encontro é organizado pelos interessados, em mensagem privada. Os mais movimentados são www.freecycle.org, com várias sucursais no País, Troco 1 Hora (FB) e o Clube das Trocas, também nesta rede social.

Leituras

Procure livros usados em www.bookcrossingportugal.com e deixe o seu onde alguém o possa encontrar. Quanto a edições escolares, este ano letivo nasceu o Banco do Livro Escolar, uma página do Facebook muito dinâmica, que promove a permuta de manuais em todo o País.

Na rua

Há algumas feiras que estimulam "negócios" deste tipo. O projeto Believe organiza mensalmente encontros onde não entra dinheiro e tudo se partilha. Vá espreitando em vivoatroca.blogspot.com. No grupo do Facebook Troca-te ficará a saber quando se realiza o próximo evento, na associação Sou, em Lisboa. No Clube Nacional de Natação, também na capital, realiza-se um minimercado de trocas sempre no último sábado de cada mês.

Férias

Viajar sem pagar hotel é fácil, na HomeExchange.com, onde existem múltiplas oportunidades, se tiver uma casa para a troca. Em Couchsurfing.org pode encontrar sofás disponíveis em todo o lado, mas terá de pôr o seu na rede, para receber estrangeiros.

Na Comunidade

Para dividir experiências com "vizinhos", inscreva-se no Banco do Tempo da sua área ou ajude numa horta comunitária. Em ambos os casos, vai receber algo de volta. Pode também entrar num esquema de partilha de boleias com os colegas de trabalho. Ou trocar a sua casa com a de outra pessoa, em vez de a comprar, recorrendo às bolsas de permutas das imobiliárias.