Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalhadores de parque eólico suspeitos de fogo que consumiu serra algarvia

Portugal

  • 333

Trabalhadores da empresa de construção do parque eólico do Cachopo foram constituídos arguidos, por suspeita de serem os culpados do incêndio que consumiu mais de 26 mil hectares de mato no Algarve, em julho

O caso ainda está a ser investigado pela Polícia Judiciária e foi objeto de peritagens logo a seguir ao fogo que consumiu grande parte dos concelhos de Tavira e São Brás de Alportel, entre 18 e 22 de julho.

Segundo fonte judicial à agência Lusa, o primeiro foco de incêndio surgiu na sequência de uma queimada de combustão lenta que os funcionários da empresa estariam a fazer numa clareira junto a um poste de transporte de energia.